Manaus, 17 de novembro de 2019

advogados_lula_1

Foto: Ricardo Stuckert

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados recebeu, nesta terça-feira (21), uma carta dos advogados do ex-presidente Lula ao ministro das Relações Exteriores, José Serra, a respeito dos erros nas informações prestadas pelo Ministério ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas.

A resposta da Missão do Brasil junto às Nações Unidas, que é vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, diz respeito ao comunicado à ONU feito pela defesa de Lula em junho de 2016, sobre as violações e os abusos cometidos contra o ex-presidente pela Operação Lava Jato.

Para a defesa de Lula, a manifestação protocolada pela Missão do Brasil junto às Nações Unidas, sem identificação do responsável técnico, peca pela falta de objetividade. “São descabidas ilações, além de acusarem indiretamente magistrados de terem se deixado influenciar de uma forma indevida”, afirma a defesa do ex-presidente, que pediu ao ministro para que sejam tomadas as medidas necessárias e promova as retificações cabíveis.

Confira a carta da defesa de Lula na íntegra.

Fonte: Lula

TwitterGoogle+FacebookCompartilhar
Manaus,  23 de fev de 2017 Deixe seu comentário

Deixe seu comentário


(Obrigatório)